terça-feira, 16 de maio de 2017

Auto-aprovação

É engraçado como a gente subestima o poder da nossa própria consciência sobre nós mesmos. Vivemos para nos satisfazer ou satisfazer os outros? Mas e quando sua satisfação está em ver o outro sorrir, está em ver o outro estar satisfeito com você e com as coisas que você faz? É extremamente complicado e desafiante você conhecer seus próprios limites e entender que você é você independente do que o outro pensa ou não. Todos os dias somos bombardeados com o que os outros querem de nós, desde sua família, até seu trabalho, seus amigos... Seja isso, seja aquilo, blablablá. 

Blablablá...

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Tangerine

Ela estava sentada na ponta da cama com as mãos na cabeça pensando sobre a vida, enquanto escutava o barulho do relógio tocar. Os cabelos um pouco bagunçados e ondulados caiam sobre seus ombros quando ela chorava em silêncio. O sentimento de confusão era pequeno, misturado com outro de nostalgia. Sonhos a incomodavam, mas seus pensamentos tentavam se organizar enquanto o vento passeava em seus cabelos e a cortina dançava atrás dela. O doce e o salgado estavam presentes em seus lábios enquanto ela passava os dedos levemente em suas bochechas. O nostálgico, o presente... O descansar sobre sua cabeça no travesseiro. 
That's the way it ought to be
Yeah, yeah, mama say
That's the way it ought to stay

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Me

You showed me
Where to go
To my home
To my home
So take me
Through the roads
That you know
To my home

quarta-feira, 29 de março de 2017

Faltava

Era só o que me faltava.

Era sol que me faltava.

Era eu quem me faltava.