segunda-feira, 9 de outubro de 2017

 I wanna know...
 I wanna know you...
 Well let me know you
 I wanna feel you
 I wanna touch you
 Please let me near you
 Can you hear what I'm saying?
 Well I'm hoping, I'm dreamin', I'm prayin'
 I know what you're thinkin'
 See what you're seein'
 Never ever let yourself go

 

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Metade

Metade de mim, metade de nós. Metade do dito, metade do não dito.

Meta. De.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Rotina

Enquanto a lua brilhava lá fora, o vento brincava com os cabelos do seu rosto, entrando pelas janelas e bagunçando as cortinas... as marcas do óculos nas têmporas e em cima do nariz deixava tudo mais delicado e divertido. O olhar de cansaço misturado com a risada que aliviava ao mesmo tempo... A taça de vinho, os sapatos que ficavam no caminho. O barulho da madeira estalando enquanto o violão saía do quarto.

Um rodopio, um tropeço, um suspiro. 

Um riso abafado.


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Parada, ela olhava para a janela com o lápis na mão direita e o caderno na mão esquerda e os fones de ouvido tocando... seu coração parava por alguns minutos antes de desenhar palavras em uma folha de papel. Perguntas e mais perguntas na cabeça, sentimentos em forma de grafite sendo colocados em um caderno com as folhas douradas.

O sentimento de angústia, de aperto no peito, misturados com alívio e segurança, com a certeza de que sua parte tinha sido cumprida. É engraçado como segurança e insegurança caminham juntos e tão próximos. Uma dúvida, uma incerteza, uma loucura... um sentimento de querer ir e se jogar, enquanto um te puxa e pede "seja sensata". 

A visão embaça muito antes das lágrimas virem em uma tentativa de limpar o coração. 

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Começar de novo.

Firme e forte como um touro.

 

"À primeira vista, querem construir e fazer as coisas crescerem, mas não costumam se apressar. Gostam de colocar a mão na massa e ver os resultados práticos do seu próprio trabalho. Não pense que toda essa calma e paciência dura para sempre. Se alguém os tira do sério é melhor sair de perto até que a calmaria retorne."

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

"Quando a vida dá um nó, não adianta sentir dó de si mesmo." ♥

 

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Amor

A dificuldade de lidar com a distância é algo real. É algo que me corrói por dentro e domina meu coração, me prende a garganta e faz com que eu sinta a pulsação do meu coração no meu corpo inteiro. Sinto frio, sinto calor... um misto de sensações e emoções que há tempos eu não lidava. Agora com mais maturidade, menos desespero e mais sabedoria, mas mesmo assim sensações que eu desejaria e sempre desejei nunca mais sentir em minha vida inteira. 

A vida é uma coisa bem engraçada... ela faz com que a gente aprenda na marra coisas que a gente não consegue aprender no nosso dia-a-dia. Algumas vezes de uma forma sutil e outras de uma forma brusca, que parece rasgar a gente por dentro e sangrar em forma de lágrimas. São coisas que acontecem que são para a nossa maturidade e aprendizado e escolhemos entendê-las e refletir sobre elas ou não. É questão de percepção. 

Sempre relacionamos distância, por exemplo, como algo ruim. Como algo perverso e como aquilo que iria acabar com os nossos sentimentos, que iria destruir lares, famílias e sentimentos mais profundos. E ela realmente pode ser isso. Se acreditarmos nisso, ela será destruidora. 

Mas a distância também tem muito poder de cura.. ela nos ajuda a refletir cada vez mais sobre nós, ela nos ajuda a refletir sobre eu e você, ela faz e nos ajuda a refletir sobre tudo o que acontece em nossa vida e muitas vezes nos ajuda a valorizar aquilo que, no dia-a-dia, era algo que não era nenhum pouco importante. O sorriso atrás da porta, o beijo de bom dia ou até mesmo aquela bufada de "ah, tá bom, vai", seguida de um riso. 

Ela pode ajudar a reconstruir, não só nós mas nós mesmos. Mesmo que o resultado da mudança não seja o esperado, mesmo que a vida nos pregue uma peça que nos dê vontade de gritar para o mundo: POR QUE DE NOVO?. Eu ainda não sei e talvez entenda mais para frente o motivo, talvez seja melhor, talvez seja pior, eu não sei. E talvez seja até melhor que eu não saiba, porque talvez o gosto da mudança, por mais doce que seja, não seja tão apreciado assim. Não seja tão gostoso assim. 

E a angústia que a distância traz junto do tempo é: não temos spoilers sobre a vida. Nunca teremos e talvez é ali que esteja a graça. Temos que enfrentar nossos problemas de frente, com a cabeça erguida porque a vida... ah, a vida não dá tréguas. Você se refazendo ou não, você estando bem ou não, você tentando ignorar ou não, uma hora ela cobra por tudo isso. 

Uma hora. 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Auto-aprovação

É engraçado como a gente subestima o poder da nossa própria consciência sobre nós mesmos. Vivemos para nos satisfazer ou satisfazer os outros? Mas e quando sua satisfação está em ver o outro sorrir, está em ver o outro estar satisfeito com você e com as coisas que você faz? É extremamente complicado e desafiante você conhecer seus próprios limites e entender que você é você independente do que o outro pensa ou não. Todos os dias somos bombardeados com o que os outros querem de nós, desde sua família, até seu trabalho, seus amigos... Seja isso, seja aquilo, blablablá. 

Blablablá...

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Tangerine

Ela estava sentada na ponta da cama com as mãos na cabeça pensando sobre a vida, enquanto escutava o barulho do relógio tocar. Os cabelos um pouco bagunçados e ondulados caiam sobre seus ombros quando ela chorava em silêncio. O sentimento de confusão era pequeno, misturado com outro de nostalgia. Sonhos a incomodavam, mas seus pensamentos tentavam se organizar enquanto o vento passeava em seus cabelos e a cortina dançava atrás dela. O doce e o salgado estavam presentes em seus lábios enquanto ela passava os dedos levemente em suas bochechas. O nostálgico, o presente... O descansar sobre sua cabeça no travesseiro. 
That's the way it ought to be
Yeah, yeah, mama say
That's the way it ought to stay

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Me

You showed me
Where to go
To my home
To my home
So take me
Through the roads
That you know
To my home

quarta-feira, 29 de março de 2017

Faltava

Era só o que me faltava.

Era sol que me faltava.

Era eu quem me faltava.